quarta-feira, 20 de outubro de 2010

20 de Outubro: feriado municipal em Terras de Bouro

Por volta de 1220, o Julgado de Bouro detinha uma importância capital, sendo a sede de 70 freguesias, organizadas em coutos e honras. Os habitantes das terras de Boyro, como então se designava esta região de Entre Homem e Cávado, tinham por missão defender a Portela do Homem e a Serra Amarela dos povos invasores, bem como guarnecer o Castelo de Bouro. Durante o reinado de D. Dinis, esta região recebeu bastantes benifícios, tendo sido constituído um contrato oneroso que isentava os seus habitantes do pagamento do qualquer tributo à coroa e da prestação do serviço militar. Em contrapartida, estes deveriam permanecer nas suas terras e defender, à própria custa, a Portela do Homem - contrato que foi cumprido durante mais de 500 anos.

Reconhecendo a importância destes povos e da região, o rei D. Manuel I concedeu a Carta de Foral a Terras de Bouro, a 20 de Outubro de 1514.

A Carta de Foral concedida por D. Manuel I a Terras de Boyro
O concelho viria, em 1895, por Decreto de 14 de Agosto do mesmo ano, a ser extinto, tendo sido restaurado a 13 de Janeiro de 1898.


Terras de Bouro não tinha feriado próprio a condizer com a sua especificidade histórica - o feriado municipal era coincidente com o feriado distrital, a 24 de junho, dia de S. João - e, em face disso, os órgãos municipais aprovaram, há cerca de 4 anos, o dia 20 de outubro como "Dia do Município", feriado municipal.

Sem comentários:

Enviar um comentário