quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Remoques... pretensamente poéticos: sobre uma (in)coerência

o caminho faz-se caminhando
com passos que aproximam
cada horizonte vislumbrado

se alcanço a definida linha
logo outras ao longe
imprecisas
me atraem
sedutoras

tiro as pedras do sapato
que me tropeçam o andar
e avanço
por vezes roto
pela rudeza do esforço
mas nunca derrotado
pelo cansaço da desistência

quem me acompanha?
irei então sozinho
(polichinelos de mimetismo contrafeito)!

macviana
14.10.10

Sem comentários:

Enviar um comentário