quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Ficamos por aqui: na faena "à portuguesa" não há "touros de morte".

...se fosse em Barrancos, não sei, não!

Sem comentários:

Enviar um comentário