quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Aqui, há português (in)correto... (24)


Já vi escrito "Benvindo", "Bem Vindo", "Bem-Vindo" e, agora, "Benvido" (embora se perceba que, nesta última, a grafia é a galega).
Afinal, como é?
"Benvindo" é nome de pessoa: o Sr. Benvindo ou a D.ª Benvinda - não é, portanto, nenhuma saudação.

Para esclarecimento sobre as formas "Bem Vindo" e "Bem-Vindo", remeto para o texto do acordo ortográfico, Base XV, 4º:

"Emprega-se o hífen nos compostos com os advérbios bem e mal, quando estes formam com o elemento que se lhes segue uma unidade sintagmática e semântica e tal elemento começa por vogal ou h. No entanto, o advérbio bem, ao contrário de mal, pode não se aglutinar com palavras começadas por consoante.
Eis alguns exemplos das várias situações: bem-aventurado, bem-estar, bem-humorado; mal-afortunado, mal-estar, mal-humorado; bem-criado (cf. malcriado), bem-ditoso (cf. malditoso), bem-falante (cf malfalante), bem-mandado (cf. malmandado). bem-nascido (cf. malnascido) , bem-soante (cf. malsoante), bem-visto (cf. malvisto)."

Assim se deve escrever:

Sem comentários:

Enviar um comentário