terça-feira, 2 de julho de 2013

"A queda de um governo": ópera bufa à portuguesa.


Não resta a Passos Coelho outra atitude que não seja sair de cena!... Por que razão insiste em se manter no palco?...
Para mim, que nunca fui militante de qualquer partido político, embora tenha participado na vida autárquica sob a bandeira da social-democracia, é confrangedor ver o papel de cómico que o primeiro-ministro desempenha nesta infindável ópera bufa à portuguesa!...

Sem comentários:

Enviar um comentário