domingo, 16 de novembro de 2014

Meu Amigo Está Longe!

Ary dos Santos e Alain Oulman
por Gisela João



                                Nem um poema, nem um verso, nem um canto
                                Tudo raso de ausência, tudo liso de espanto
                                Amiga, noiva, mãe, irmã, amante
                                Meu amigo está longe
                                E a distância é tão grande!...

                                Nem um som, nem um grito, nem um ai
                                Tudo calado, todos sem mãe nem pai
                                Amiga, noiva, mãe, irmã, amante
                                Meu amigo está longe
                                E a tristeza é tão grande!...

                                Ai esta mágoa, ai este pranto, ai esta dor
                                Dor do amor sozinho, do amor maior
                                Amiga, noiva, mãe, irmã, amante
                                Meu amigo está longe
                                E a saudade é tão grande!...

Sem comentários:

Enviar um comentário